domingo, 8 de maio de 2011

Alemanha (Troféus)

Campeonato Alemão
Troféu Viktoria
De 1903 a 1944, o campeão alemão ficava com o troféu Viktoria doado pelo príncipe Wilhelm da Prússia. A princípio, o troféu seria dado de forma alternada ao campeão alemão de futebol e ao campeão alemão de rúgbi, mas como o futebol tornou-se o esporte mais popular na Alemanha, o troféu então ficou em poder da Federação Alemã de futebol (DFB).
O último time a ganhar o Viktoria foi o Dresdner SC ao vencer por 4 a 0 o clube da força aérea Luftwaffen SV Hamburg, no estádio Olímpico de Berlim, em 1944. O troféu desapareceu durante a 2ª Guerra Mundial. Muitos anos depois ele foi encontrado no cofre de um banco na Alemanha Oriental. Um torcedor do Dresdner havia colocado o objeto lá para maior segurança. Enquanto isso, um novo troféu havia sido produzido em 1949, o Meisterschale, apelidado de “prato de salada”.
Desenhado por Elisabeth Treskow, o prato de prata pesava 5,5 Kg e possuía cinco jóias turmalinas grandes e onze pequenas. O nome de todos os campeões alemães desde 1903, começando pelo VfB Leipzig (atual Lokomotive Leipzig), estão esculpidos no prato. Sabe-se lá porque Elisabeth fez nesse formato.
No começo da década de 80, o objeto tornou-se pequeno para inscrições dos futuros campeões, portanto, um anel de prata foi acrescentado por baixo, sendo preso ao troféu original por uma espécie de cinta, também de prata. Este anel aumentou em 45 mm o aro original e possui cinco turmalinas cobertas por ouro. O artista que desenhou e produziu o “novo” Meisterschale foi Adolf Kunesch. Atualmente, o troféu tem um diâmetro de 59 cm e pesa aproximadamente 11 kg.

Atual Troféu

Copa da Alemanha
O primeiro jogador a levantar o troféu e mostrar para a multidão foi Aki Schmidt do Borussia Dortmund.. Assim, o troféu de hoje, com uma altura de 52 centímetros tinham substituído os troféus concedidos no passado. O Goldfasanen-Pokal (Taça faisão dourado), que tinha sido o troféu oficial do vencedor durante os anos de 1935 a 1943 foi substituído, pois lembrava em muito o nazismo com suásticas decorando a peça. Um novo troféu foi então apresentado de 1954 a 1964, mas que deixaram de cumprir os aspectos culturais da DFB. Portanto, foi pedido para criar uma nova taça. O resultado foi um troféu pesando 12,5 e deixando espaço suficiente em sua base para a gravação dos nomes dos times vitoriosos. Esta taça era feito de prata banhado a ouro Sterling quente. Utilizados 250g de ouro fino e decorado a sua obra de arte com doze turmalinas, doze peças de cristal de rocha e 18 nephrites. O emblema da DFB no centro. A taça tem um volume de 8 litros.
Uma vez que, até 1991, aproximadamente. 700 letras e números que denotam o ano e os nomes dos vencedores foram gravadas na base, este último teve de ser ampliado em 5 cm para proporcionar espaço adicional. A área de base é agora suficiente para permitir gravações até 2020.

Supercopa da Alemanha

Atual troféu

Idiomas / Language

=============

CONTADOR DE PAÍSES (desde out/2017)

Flag Counter