sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Tochas das Olimpíadas de Verão (Olympics Torches)

Nas nove primeiras edições não era usada tocha.

Berlim 1936 - A peça de aço inoxidável tinha 27 cm e pesava 450g.

Londres 1948 - Dois tipos foram desenhados: um de alumínio - com peças de naftalina no seu interior - e outra para o trecho final no estádio com uma chama de magnésio em um recipiente de aço inoxidável, para que ela pudesse ser vista na luz do dia.

Helsinki 1952 - No topo, havia um adorno de 600g de prata.

Melbourne 1956 – A tocha foi inspirada na de 1948.

Roma 1960 - O design afilado, em forma de flauta, da tocha de 580g de alumínio revestida em bronze, foi inspirado nos archotes existentes nos monumentos da Roma antiga.

Japão 1964 – Fina e simples.

Cidade do México 1968 - Tinham na parte superior uma imagem em 3D do logo das Olimpíadas de 68.

Munique 1972 - A tocha a gás foi feita de aço cromado e era composta de três partes acopladas.

Montreal 1976 - Eles criaram uma tocha que tinha um suporte vermelho com um queimador preto e uma versão especial em preto e dourado.

Moscow 1980 - Voltando a inovar, com algo diferente dos modelos anteriores, a tocha, fabricada em ouro e prata, tinha um prato em cima do queimador e o suporte era protegido por uma tela.

Los Angeles 1984 - A tocha foi feita de alumínio torneado com acabamento em latão e suporte de couro. Ela exibia uma imagem do Memorial Coliseum.

Seoul 1988 - Feita de latão, plástico e tinha suporte de couro, com um design semelhante ao das anteriores. A tocha levava tradicionais desenhos coreanos, incluindo dois dragões que simbolizavam a harmonia entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul.

Barcelona 1992 – Feita para se diferenciar das outras tochas e incorporar um caráter mais "latino".

Atlanta 1996 – A tocha mostra hastes atadas com um barbante, inspirado nas tochas antigas. Vinte e duas hastes de alumínio representam cada Jogo Olímpico. Com um cabo de madeira de nogueira, é a tocha mais comprida já usada em uma Olimpíada de Verão.

Sidney 2000 - A Casa de Ópera de Sydney, as curvas de um bumerangue e o azul do Oceano Pacífico inspiraram este modelo. Os três componentes entrelaçados também representavam terra, fogo e água.

Atenas 2004 - Inspirou-se nas raízes antigas dos Jogos, com uma tocha de madeira e magnésio em formato de folha de oliveira.

Pequim 2008 - Em formato de pergaminho, a tocha tinha os caracteres chineses "sortudo" e "nuvem auspiciosa", usados geralmente pela mitologia chinesa para ilustrar harmonia. A tocha simbolizava uma Olimpíada verde, tecnológica e popular.

Londres 2012 – Desenhada em forma de cone, com três lados, em razão de Londres sediar o evento pela terceira vez. A tocha dourada é feita de lâminas de liga de alumínio. Possui oito mil furos, que representam cada uma das oito mil pessoas que participaram do revezamento. A tocha mede 80 centímetros, o que a torna uma das mais altas, mas também é uma das mais leves com 850 gramas, incluindo o queimador de propano-butano, em seu centro.

Rio de Janeiro 2016 - A tocha foi produzida com alumínio reciclado, resina e acabamento acetinado, pesa entre 1kg e 1,5kg e mede 63,5cm de altura quando fechada, e 69cm quando aberta. Este movimento de “sobe e desce” acontece ao longo da malha triangular da textura da tocha que, dividida em três partes, alude aos valores Olímpicos de excelência, amizade e respeito.



Qual a mais bela?

3 comentários:

Curta o nosso FACEBOOK pelo link:
https://www.facebook.com/trofeusdofutebol

Deixe aqui seu comentário sobre essa matéria.

Idiomas / Language

=============