sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Tochas das Olimpíadas de Inverno (Torches of the Winter Olympics)

Somente na quinta edição é que os Jogos Olímpicos de Inverno ganharam sua tocha olímpica em 1952. A tocha é a responsável por levar a chama olímpica lá da Grécia quando ela é acessa até a pira olímpica instalada no Estádio principal dos Jogos na cidade-sede.

Oslo 1952 - As 95 tochas produzidas tinham um cabo de 23cm sob uma figura em forma de arco oval e uma flecha que representava a união entre Morgedal e Oslo, na Noruega.

Cortina d'Ampezzo 1956 – Toda em prata, a tocha era simples.

Squaw Valley 1960 – Em prata, era semelhante a da Olimpíada anterior.

Innsbruck 1964 – Destaque para o formato de um disco no seu topo.

Grenoble 1968 – Feita de bronze e aço, é desprovida de alguma beleza.

Sapporo 1972 - A tocha, feita de uma liga de alumínio, tinha um queimador em forma de panela, com 55cm.

Innsbruck 1976 - Esta tocha também exibia os aros olímpicos em relevo e foi usada para acender duas piras que simbolizavam a segunda visita dos Jogos Olímpicos de Inverno à cidade de Innsbruck.

Lake Placid 1980 - O design escolhido retornou ao estilo prato e suporte.

Sarajevo 1984 - Tinha uma plataforma e um fino tubo como queimador, onde se via o logo olímpico.

Calgary 1988 - Com 1,7kg, a tocha foi considerada relativamente pesada. Ela foi feita na forma da torre de Calgary, um dos principais marcos da cidade, com o suporte feito em madeira de plátano, tradicional árvore do Canadá, e com o queimador em alumínio. Ela tinha gravado o lema olímpico Citius Altius Fortius – mais rápido, mais alto e mais forte. No suporte, imagens gravadas a laser representavam os 10 esportes olímpicos oficiais.

Albertville 1992 - Este modelo de aço inoxidável marcou o começo da era moderna de design de tochas.

Lillehammer 1994 –A fina tocha foi feita para resistir aos ventos na descida de esqui e acender a pira na cerimônia em Lysgardsbakken.

Nagano 1998 - Feita de alumínio, esta tocha foi inspirada em uma tradicional tocha japonesa chamada Taimatsu, mas também incorporou elementos mais modernos. Um dos objetivos era torná-la mais ecológica, com queima limpa de gás propano. O hexágono no topo representava cristais de gelo, e o exterior de prata simbolizava o inverno.

Salt Lake 2002 - Em formato de gelo e produzida a partir de prata e cobre no Oeste americano, a tocha foi concebida para promover o slogan dos Jogos de Salt Lake: "Acenda o fogo interno". 

Turim 2006 - Ela assemelhava-se a um esqui e foi inspirada pelas montanhas, com a chama queimando no topo. Mas a tocha foi criticada por ser pesada demais para ser carregada, com pouco menos de 2 kg.


Vancouver 2010 - A tocha era longa e pesada, com 94,5 cm e 1,6 kg. O formato foi inspirado em linhas fluídas cortadas por esquis na neve e pela paisagem canadense. A tocha branca trazia uma folha de plátano com o slogan e o logo – um Inukshuk, que é uma pilha de pedras em formato humano feito pelo povo Inuit.

Sochi 2014 - Mede 95 cm de comprimento e pesa 1,8 kg. Feita de alumínio nas cores prata e preto, tem o formato de uma folha e uma cavidade em seu centro, destacada em vermelho.

PyeongChang 2018 - A tocha mede 70 centímetros de altura.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta o nosso FACEBOOK pelo link:
https://www.facebook.com/trofeusdofutebol

Deixe aqui seu comentário sobre essa matéria.

Idiomas / Language

=============

CONTADOR DE PAÍSES (desde out/2017)

Flag Counter