7 de junho de 2018

Camisas e uniformes mais estranhos usados em Copa do Mundo

Curta o nosso FACEBOOK pelo link: https://www.facebook.com/trofeusdofutebol

1930 - Bolívia
A seleção boliviana entrou na sua primeira Copa, homenageando o Uruguai, país anfitrião. Mas, acredite se quiser! Cada jogador entrou entrou com uma letra que formava a frase VIVA URUGUAY que somam exatamente 11 letras. Se a bizarrice já não bastasse, um dos jogadores que estava com a letra "U" passou mal antes do jogo e a foto oficial do time saiu com apenas 10 jogadores e a frase VIVA URUGAY. Dizem que a seleção jogou a partida exatamente com esse uniforme. Como nos primórdios da Copa do Mundo não haviam tantas regras, eu não duvido nada!


1938 - Itália
A França sediou essa Copa e enfrentou a campeã Itália. A combinação do uniforme das duas equipes eram exatamente iguais com calção branco e camisa azul. Como a Itália era mandante, Benito Mussolini ordenou que a Itália jogasse toda de preto. Foi a única vez na história que a Itália jogou com essa combinação no uniforme.


1950 - México
Antigamente, a camisa mexicana era vermelha. Só depois, passou a ser verde como conhecemos hoje.
No duelo contra a Suiça, em Porto Alegre, as duas seleções vieram de vermelho. Os mexicanos acabaram pegando emprestada, a camisa listrada em azul e branco do time local chamado Cruzeiro-RS.

1958 - Argentina
Os argentinos jogaram com a camisa amarela da equipe local do Malmo, pois assim como a Alemanha, só tinha ido com a camisa branca. Os argentinos amarelaram tanto que perderam o jogo por 3x1.

1962 - Uruguai
Historicamente, os uruguaios usaram sempre a famosa camisa azul celeste. Exceto em 1935, quando venceram a Copa América usando uma camisa vermelha para diferenciar das cores da Argentina. Em 1962, eles reeditaram a camisa vermelha e levaram pela primeira ve um segundo uniforme para a Copa. A camisa trouxe sorte, pois venceram a Colômbia por 2x1. Nos anos 90, o Uruguai acabou voltando a usar a camisa vermelha como segundo uniforme, mas voltou para a camisa branca.



1970 - El Salvador
Essa camisa se destaca pela total simplicidade. provavelmente a mais simples de todas as Copas. Toda branca, trazia apenas as iniciais (ES) do país do peito dentro de um círculo. O uniforme foi zoado por muitos falando que parecia mais um uniforme escolar do que de uma seleção de futebol.

1974 - Zaire

A seleção africana ficou mais famosa pelo colorido uniforme do que pelo fraco futebol. Destaque para  o leopardo bem na altura da barriga dos jogadores.

1978 - França
 Hungria e França só levaram suas camisas brancas para disputar a partida. Mais uma vez, uma equipe local salvou a pátria. Como o erro foi dos franceses, tiveram que vestir a camisa listrada em verde e branco do Atletico Kimberley. A França, mesmo sem sua camisa, venceu o jogo por 3x1.

1982 - Bélgica

Esse uniforme ficou famoso pela combinação super bizarra entre a camisa e o calção. Haviam duas listras amarelar com pequenas coroas pretas dentro delas e que começavam no ombro da camisa e iam até a barra do calção. bem original, porém igualmente bizarro.

1986 - Escócia
A seleção escocesa jogou a Copa com uma grossa listra horizontal branca no calção. Eles acharam que ia combinar com a camisa.

1990 - Costa Rica
Tradicionalmente, jogam de vermelho e branco, mas no jogo com o Brasil resolveram inovar e jogaram com uma camisa listrada em preto e branco. Muitos dizem que foi a pedido do craque da seleção que jogava na Juventus que por sua vez era o time do Estádio Delle Alpi, onde foi disputada a partida. A Costa Rica perdeu para o Brasil por 1x0.

1994 - Nigéria
Essa Copa foi, indiscutivelmente, a que trouxe o maior número de camisas bizarras. Destaco: Coréia do Sul, Estados Unidos e Romênia. Mas a minha preferida é a segunda camisa da Nigéria. A combinação camisa e calção ficou maravilhosa!

1998 - África do Sul
Antes de adotar a combinação verde e amarela, a seleção sul-africana amargou um dos uniformes mais feios das Copas.

2002 - Camarões
A seleção camaronesa queria inovar e adotou um uniforme regata. Jogou com esse modelito "mamãe sou forte" na Copa Africana naquele ano. Mas na hora da Copa do Mundo, a FIFA barrou a proposta e eles costuraram mangas pretas na camisa regata para jogar o Mundial.

2006 - Equador
Milagrosamente nessa Copa, nenhuma seleção se destacou com um uniforme muito estranho. Então, tivemos que baixar o nível de exigência e elegemos o Equador com sua manga azul de um lado e amarelo do outro e riscos coloridos voando na barriga.

2010 - Gana
A segunda camisa de Gana chamou bastante atenção na partida contra o Uruguai. A combinação listrada de vermelho e amarelo deixava os jogadores bem destacados em campo.

2014 - Irã
Olhando de longe, você nem nota nada estranho na camisa branca iraniana. Mas um olhar mais atento, vai notar um belo de um felino na barriga do jogador.  

2018 - Nigéria
A segunda camisa da Nigéria que de tão exótica, chega a ser bonita.



Um comentário:

  1. A Escócia tinha que voltar a jogar com aqueles calções, era muito original e único. Por acaso o México alguma vez usou calção com listra horizontal semelhante?

    ResponderExcluir

Curta o nosso FACEBOOK pelo link:
https://www.facebook.com/trofeusdofutebol

Deixe aqui seu comentário sobre essa matéria.